Revita recebe licença prévia para ITVR em Marília

A Licença Prévia da Indústria de Tratamento e Valorização de Resíduos em Marília, projeto da Revita, empresa do Grupo Solví, foi deferida pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (CONSEMA), durante reunião na capital paulista. O projeto recebeu elogios do Secretário Estadual de Meio Ambiente por cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A audiência contou com a participação de 28 conselheiros, entre representantes da CETESB, do Ministério Público, das Secretarias do Governo do Estado, OAB, entidades de classe, ambientalistas e a associação paulista de prefeituras.

O projeto da ITVR Marília foi apresentado por Letícia Theotonio, gerente de desenvolvimento de novos negócios da regional sudeste, e pela responsável técnica do Estudo de Impacto Ambiental, a bióloga Mariana Brandão. Também representou a Solví o engenheiro Thiago Zanon.  Com 25 votos favoráveis, a Licença Ambiental Prévia da ITVR Marilia foi obtida pela Revita após 1 ano do protocolo dos estudos na CETESB.

O licenciamento ambiental agora prossegue em nova fase, com o detalhamento do projeto básico e a criação dos programas para minimização de impactos ambientais, o objetivo agora é obtermos a Licença de Instalação no primeiro semestre de 2017. Para tanto devemos ainda este ano finalizar os estudos técnicos exigidos pela Cetesb.

O projeto consolida a presença da Revita no Oeste Paulista e aumenta a capacidade de recebimento na região para 690 toneladas por dia. A ITVR possuirá unidade para compostagem de resíduos verdes, triagem de resíduos recicláveis, aterro sanitário, sala multimeios para educação ambiental e viveiro de espécies árvores nativas. A ITVR foi projetada para atender 12 municípios e as indústrias da região.

A ITVR Marília contou com moção de apoio dos Vereadores da cidade de Marília em evento na Câmara e da cooperativa COTRACIL, durante a Audiência Pública realizada na cidade em fevereiro deste ano.