Rostos estampados nos caminhões apresentam à sociedade os profissionais da coleta de resíduos

Rostos estampados nos caminhões apresentam à sociedade os profissionais da coleta de resíduos

Rostos estampados nos caminhões apresentam à sociedade os profissionais da coleta de resíduos

Projeto denominado A Cara da Loga estampa rostos dos coletores e motoristas nos caminhões da companhia responsável pela coleta de resíduos domiciliares e de saúde em metade da cidade de São Paulo

Desde o dia primeiro de maio, Dia do Trabalho, os sete milhões de habitantes do Agrupamento Noroeste da capital paulista conhecerão melhor os colaboradores da Logística Ambiental de São Paulo – Loga, empresa do Grupo Solví, responsáveis pela coleta de resíduos domiciliares e de saúde nessa ampla área urbana, que compreende metade da maior cidade brasileira.Os rostos dos coletores e dos motoristas estão estampados nos caminhões, humanizando a prestação desse serviço fundamental para a sociedade e apresentando seus protagonistas às famílias e empresas de cada uma das 23 mil ruas cobertas pela companhia.

São 1.560 profissionais operacionais na coleta, um verdadeiro exército dedicado à gigantesca operação logística destinada à coleta diária de seis mil toneladas de resíduos, em 1,6 milhão de domicílios e 16 mil estabelecimentos de saúde. Com seus rostos destacados nos veículos, a população conhecerá melhor esses trabalhadores. Esta ação, denominada A Cara da Loga, é a primeira etapa de uma campanha, desenvolvida pela agência CasaDigital, a pedido da companhia, intitulada Nosso Maior Valor é Você.

“A iniciativa tem dois grandes objetivos: enfatizar a importância dos colaboradores como pessoas e profissionais que deixam a cidade limpa todos os dias e mostrar que seu trabalho está diretamente ligado à qualidade da vida e bem-estar da população;e fazer com que a sociedade saiba quem são esses coletores e motoristas, conheça seus nomes e seus rostos e crie uma relação mais próxima e humana com as equipes”, salienta Marcelo Gomes, diretor-presidente da Loga, acrescentando: “Também é nossa intenção despertar a população para a questão dos resíduos e de sua relação diária com eles. Como consomem, como descartam, o que descartam e se descartam certo”.

Na primeira fase do projeto, foram identificados 220 funcionários exemplares e registradas fotos, sem que eles soubessem o motivo. Com os arquivos em mãos, uma equipe de artistas desenvolveu a arte em estêncil, técnica bastante utilizada na arte urbana de São Paulo e do mundo e que agora estampa 30 caminhões de coleta. Os veículos percorrerão os bairros com a meta de alcançar as sete milhões de pessoas beneficiadas pelos serviços da Loga.

 

Postado em News,Últimas